24 de julho de 2024 Atualizado 20:57

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

Estados Unidos: o que é comemorado no dia 4 de julho? Entenda

Por Agência Estado

03 de julho de 2024, às 18h26

No dia 4 de julho é comemorada a independência dos Estados Unidos. O feriado nacional do país celebra a Declaração de Independência, aprovada em 4 de julho de 1776, que determinou a libertação do que então eram as treze colônias americanas do domínio britânico.

Nas colônias americanas, hoje território dos Estados Unidos, havia uma crescente insatisfação em relação aos impostos que a população era obrigada a pagar ao rei George III, mesmo que eles não tivessem nenhuma representação no Parlamento Britânico.

“Nenhuma taxação sem representação” era a frase que resumia o sentimento dos colonos na época, usada como slogan nos protestos da Revolução Americana, que culminou na independência. Tropas britânicas foram enviadas para reprimir o movimento, o que deu início a Guerra Revolucionária Americana entre os colonos e o Reino da Grã-Bretanha a partir de 1775.

Durante o conflito, representantes das treze colônias formaram o Congresso Continental para discutir e coordenar uma resposta unificada aos britânicos. Em 11 de junho de 1776, o Segundo Congresso Continental das colônias se reuniu na Filadélfia e formou um comitê para redigir um documento que formalizasse a separação das colônias do Reino da Grã-Bretanha.

Neste grupo estavam Thomas Jefferson, Benjamin Franklin, John Adams, Roger Sherman e Robert R. Livingston. Jefferson, considerado o escritor mais forte, elaborou o rascunho do documento. Após 86 alterações, o Congresso Continental adotou oficialmente a versão final em 4 de julho de 1776.

No entanto, a luta pela independência ainda foi longa. O reconhecimento dos Estados Unidos só se deu em 1783, pelo Tratado de Paris, ao fim da Guerra Revolucionária Americana.

Feriado

A primeira celebração do feriado de 4 de julho ocorreu no ano seguinte à Declaração, em 1777, na Filadélfia. A comemoração contou com fogos de artifício, desfiles e discursos. Festividades passaram a ser mais comuns após a Guerra Anglo-Americana de 1812.

Oficialmente, o Congresso dos EUA estabeleceu o Dia da Independência como feriado em 1870. As comemorações até hoje seguem a tradição, com piqueniques, desfiles, discursos, apresentações, shows de fogos de artifício e churrascos americanos.

Publicidade