Espanha: Parlamento Europeu reconhece separatistas


O Parlamento Europeu reconheceu como eurodeputados os líderes independentistas da Catalunha Oriol Junqueras, Carles Puigdemont e Toni Comín, apesar de uma resolução da Justiça Eleitoral da Espanha, que determinou que Junqueras, condenado a 13 anos de detenção por sublevação, não poderia ser eurodeputado.

O status de eurodeputados passou a valer desde 2 de julho do ano passado 2019, quando foi constituída a atual legislatura do Parlamento Europeu, em mandato válido até 2024. (Com agências internacionais)

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora