Equador se une ao Brasil e rebate acusação chavista


O Equador rechaçou ontem o que chamou de “audaz e infundada” declaração do governo venezuelano sobre a suposta participação do país andino no recente ataque a uma base militar venezuelana na fronteira com o Brasil. A chancelaria equatoriana divulgou um comunicado afirmando que a declaração “é uma mera tentativa de desviar a atenção da grave situação econômica, violação dos direitos humanos e ilegitimidade democrática”.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo., com agências internacionais

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora