07 de março de 2021 Atualizado 11:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Mundo

Em 1º discurso no Pentágono, Biden apoia tropas e cita desafios com a China

Por Agência Estado

10 fev 2021 às 17:57 • Última atualização 10 fev 2021 às 18:09

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou nesta quarta-feira, 10, nunca ter “hesitado em usar nossa força para defender os EUA e aliados quando necessário”, em seu primeiro discurso no Pentágono após assumir o cargo. O mandatário dedicou grande parte da ocasião a apoiar as tropas no exterior, mas citou os “desafios” colocados pela China no Indo-Pacífico e globalmente. Também anunciou uma força-tarefa com o objetivo de colher informações sobre o país asiático. “Somos mais capazes de projetar nossa força quando ampliamos alianças”, afirmou Biden. Outro tema citado como prioridade foi a cibersegurança.

No entanto, Biden se concentrou principalmente no ânimo das tropas, afirmando que não irá politizar o tema, e indicou que o retorno em segurança é questão “pessoal” para o presidente.

O discurso começou mencionando a liberação realizada hoje pela Arábia Saudita da ativista Loujain al-Hathloul, no que Biden chamou de “coisa certa a se fazer”. Além disso, o presidente mencionou os anúncios que fez mais cedo com relação ao golpe de Estado em Mianmar.

Publicidade