Eduardo Bolsonaro, sobre Venezuela: ‘Ditadura só acaba através de força’


Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) voltou a se posicionar contra a possibilidade de intervenção militar do Brasil na Venezuela, mas disse que Nicolás Maduro só deixará o comando do país vizinho se houver o uso de força por parte venezuelanos. “Maduro não vai sair. Ditadura só acaba através de força”, disse durante cerimônia de entrega da Ordem Nacional de Rio Branco, na qual ele foi um dos homenageados, no grau de Grande-Oficial.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora