27 de novembro de 2020 Atualizado 14:53

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Mundo

Casos de vírus continuam a aumentar nas Américas e África, afirma OMS

Diretor-geral da OMS informou que a entidade, aliada a outras, como o Unicef, publicam hoje diretrizes para os países sobre como manter a saúde comunitária

Por Agência Estado

06 Maio 2020 às 13:07 • Última atualização 06 Maio 2020 às 14:07

Diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus afirmou nesta quarta-feira, 6, que já foram reportados mais de 3,5 milhões de casos de coronavírus à entidade, com quase 250 mil mortes reportadas. No início de uma entrevista coletiva da entidade, Ghebreyesus notou que em parte da Europa os casos têm diminuído, mas em outros ainda crescem, inclusive nas Américas.

“Embora o número de casos da covid-19 reportados pela Europa Ocidental esteja declinando, mais casos têm sido reportados a cada dia no Leste Europeu, na África, no Sudeste Asiático, no leste do Mediterrâneo e nas Américas”, afirmou Ghebreyesus.

Em suas declarações iniciais, o diretor-geral da OMS informou que a entidade, aliada a outras, como o Unicef, publicam hoje diretrizes para os países sobre como manter a saúde comunitária, mesmo em um contexto de combate à pandemia. Ele também alertou para o risco de que uma crise como atual acentue desigualdades. “Precisamos lidar com isso agora e no mais longo prazo, ao priorizar aqueles em mais risco”, defendeu, dizendo que “isso não apenas é o certo a se fazer, é o mais esperto”.

Além disso, Ghebreyesus voltou a insistir na importância de que os países continuem a rastrear os casos de novo coronavírus, a isolar, testar e tratar os doentes confirmados.

Publicidade