Carro-bomba deixa dezenas de mortos e feridos na Somália

Explosão de um carro-bomba em um posto de controle deixou ao menos 73 mortos em Mogadíscio, capital do país, na manhã desta sábado


A explosão de um carro-bomba em um posto de controle deixou ao menos 73 mortos em Mogadíscio, capital da Somália, às 8h (horário local) deste sábado, 28. O prefeito Omar Muhamoud chegou a falar em 90 feridos, ao passo que um porta-voz do serviço de ambulâncias confirmou que foram transportadas 51 pessoas. Até o momento, nenhum grupo assumiu a autoria do atentado.

Entre os mortos estão dois cidadãos turcos que trabalhavam no local e muitos estudantes universitários.

Foto: Farah Abdi Warsameh / Associated Press / Estadão Conteúdo
Explosão matou pelo menos 73 pessoas na Somália

O capitão Mohamed Hussein disse que o alvo do atentado era um escritório de coleta de impostos. Fotos do local mostram carros destruídos pela explosão.

Sabdow Ali, 55, mora perto do local da explosão. Ele diz que contou 13 mortos. “Dezenas de pessoas feridas gritavam por ajuda, mas a polícia abriu fogo e eu voltei correndo para a minha casa.”

Ao falar com a imprensa próximo ao posto de controle, o prefeito de Mogadíscio, Omar Muhamoud, disse que a maioria dos feridos é composta de estudantes. Eles foram transportados para o Hospital Medina.

“Pedimos que familiares, médicos, enfermeiras e até outros pacientes doem sangue com urgência para ajudar as vítimas. A situação é crítica”, disse o médico Yahye Ismail, do Hospital Erdogan.

O país, localizado no chifre da África, foi tomado por conflitos desde 1991, quando senhores tribais derrubaram o governo do ditador Siad Barre. Desde então, disputam o poder.

Fonte: Associated Press

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora