Boca de urna dá vantagem a Fernández sobre Macri na disputa presidencial


A votação para eleger o presidente da Argentina terminou neste domingo. Pesquisas de boca de urna difundidas pelos canais a cabo Todo Noticias, C5N e América – as principais redes jornalísticas – afirmavam que o opositor Alberto Fernández tinha vantagem sobre o atual líder, Mauricio Macri. Pela lei, porém, é proibido difundir porcentagens de pesquisas de boca de urna até três horas depois do encerramento da votação.

Pouco depois de saírem as notícias, Fernández disse aos jornalistas reunidos perto de sua casa que este é um “grande dia” e que “a Argentina vai se sair bem”. Macri, por sua vez, pediu pelo Twitter “paciência e tranquilidade enquanto se contam os votos”. Fonte: Associated Press.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora