Balança comercial chinesa tem déficit de US$7 bi no primeiro bimestre


A balança comercial da China apresentou déficit comercial de 42,6 bilhões de yuans, o que equivale a US$ 7,09 bilhões, nos meses de janeiro e fevereiro na comparação com o mesmo período de 2019. O governo chinês decidiu divulgar os dados dos dois meses conjuntamente, em meio ao surto de coronavírus.

As exportações chinesas caíram 17,2% nos dois primeiros meses de 2020 em relação ao ano anterior, revertendo o aumento de 7,6% visto em dezembro, segundo dados da Administração Geral das Alfândegas, divulgados neste sábado. O dado superou a expectativa de economistas consultados pelo Wall Street Journal, que esperavam um declínio de 17%.

As importações chinesas caíram 4%, na comparação com o crescimento de 16,3% registrado em dezembro, mostraram os dados aduaneiros. Neste casos, a queda ficou bem longe dos 16% previstos pelos analistas consultados.

“O declínio nas importações e exportações deveu-se principalmente à epidemia de coronavírus e à extensão do Festival da Primavera”, afirmou a agência alfandegária da China, em comunicado neste sábado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora