16 de janeiro de 2021 Atualizado 11:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Alemanha estende lockdown nacional até fim do mês anuncia novas medidas

Angela Merkel anunciou que país aplicará medidas de restrição mais severas, como testagem obrigatória para viajantes

Por Agência Estado

05 jan 2021 às 16:13 • Última atualização 05 jan 2021 às 17:35

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, afirmou nesta terça-feira, 5, que o país estenderá seu bloqueio nacional até o fim de janeiro, a fim de frear o aumento de infecções pelo novo coronavírus, de acordo com publicação da Reuters.

Ela também declarou que o país aplicará medidas de restrição mais severas, como a testagem obrigatória para viajantes de zonas de risco vindos do exterior. Segundo a chanceler, mesmo que o exame resulte negativo, os turistas deverão entrar em quarentena por cinco dias e fazer um segundo procedimento.

“Precisamos restringir o contato com mais rigor. Pedimos a todos os cidadãos que restrinjam o contato ao mínimo absoluto”, disse Merkel em reunião com os líderes dos 16 Estados federais da Alemanha.

O país acumula 1.860.190 casos confirmados de covid-19 e mais de 35 mil mortes relacionadas à doença, segundo levantamento da universidade americana Johns Hopkins.

Também na Europa, o Reino Unido registrou recorde no número de novas infecções pela covid-19 nesta terça-feira, 5, com mais de 60 mil casos confirmados, de acordo o Guardian.

“O rápido aumento de casos é altamente preocupante e, infelizmente, significará ainda mais pressão sobre nossos serviços de saúde no auge do inverno”, afirmou a diretora médica do Departamento de Saúde Pública da Inglaterra, Yvonne Doyle.

O Reino Unido já registrou 2.721.735 casos confirmados da covid-19 e 75.549 mortes, segundo a Johns Hopkins.

Publicidade