Ainda é muito cedo para pensar em fazer acordo com o Irã, diz Trump


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta quinta-feira, em seu perfil no Twitter, que considera ser muito cedo para fazer um acordo com o Irã, embora tenha reconhecido os esforços do primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, que, nos últimos dias, se reuniu com autoridades iranianas em Teerã e pediu por um alívio nas tensões entre os americanos e o país persa.

“Enquanto eu aprecie muito que o primeiro-ministro Abe tenha ido ao Irã para se encontrar com o aiatolá Ali Khamenei, pessoalmente acho que é cedo demais para sequer pensar em fazer um acordo. Eles não estão prontos e nem nós”, escreveu o presidente americano há pouco. A mensagem de Trump no Twitter se deu no mesmo momento em que o secretário de Estado americano, Mike Pompeo, alegou que o suposto ataque a navios petroleiros no Golfo de Omã tem envolvimento iraniano.

O incidente teria ocorrido ao mesmo tempo em que o premiê japonês, Shinzo Abe, visitou Teerã e se reuniu com autoridades do país persa, como o presidente Hassan Rouhani e o líder supremo, o aiatolá Ali Khamenei. Na quarta-feira, Abe alertou que um “conflito acidental” poderia ser desencadeado em meio ao aumento das tensões entre o Irã e os EUA e pediu por “mais paciência” aos dois lados e alertou que é preciso fazer “o que pudermos” para que um conflito seja evitado.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora