11 de maio de 2021 Atualizado 08:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Vendas no varejo paulista caem 30% durante fase emergencial do Plano São Paulo

Por Agência Estado

22 abr 2021 às 11:42 • Última atualização 22 abr 2021 às 13:38

As vendas no varejo paulista tiveram queda de 30% durante a fase emergencial do Plano São Paulo, entre 15 de março e 11 de abril, segundo dados da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Estado de São Paulo (FCDLESP). A adoção de medidas mais restritivas em todo o Estado, para conter o avanço da covid-19, afetou principalmente o comércio de rua, informa a federação em nota.

De acordo com a pesquisa, cerca de nove em cada dez comerciantes enxergam o serviço de retirada do pedido no estabelecimento e o retorno do auxílio emergencial como alívios parciais.

“A fase emergencial trará impactos significativos para o balanço trimestral. Em tempos de total fechamento, é preciso manter a opção de retirada. Isso estimula o consumidor”, diz em nota o presidente da FCDLESP, Mauricio Stainoff.

Publicidade