06 de agosto de 2020 Atualizado 10:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Vale instala câmeras térmicas em portarias de unidades contra coronavírus

Por Agência Estado

26 mar 2020 às 14:19 • Última atualização 26 mar 2020 às 15:32

A Vale informou hoje que vai instalar nas próximas semanas 81 câmeras térmicas nas portarias de suas unidades em quatro Estados (MG, PA, ES e MA) com o objetivo de identificar pessoas que estejam com alta temperatura corporal, um dos sintomas do novo coronavírus (covid-19).

As câmeras estão sendo importadas da China e da Suécia. O valor investido é de R$ 7,5 milhões. O primeiro lote de equipamentos chega até o final de março a Belo Horizonte, de onde será distribuído para os demais Estados. O segundo lote chega em meados de abril.

Em nota, a mineradora diz que os empregados ou visitantes que apresentarem esse sinal não terão a entrada autorizada e serão abordados por um profissional capacitado da Vale, que irá prestar informações sobre a doença e encaminhá-los para casa ou para uma unidade de saúde.

Segundo a empresa, serão instalados dois tipos de câmera. As do primeiro lote são idênticas aos modelos usados em aeroportos de várias cidades do mundo e ficarão posicionadas sobre um tripé nas portarias das unidades da Vale. Todos os empregados e visitantes passarão em frente ao equipamento e terão sua temperatura corporal medida a partir do duto lacrimal.

Já as câmeras do segundo lote ficarão posicionadas num ponto fixo na entrada da portaria, como equipamentos de vigilância comuns, e filmarão um grupo de pessoas. Com o uso de Inteligência Artificial, a câmera faz uma busca por diversos pontos do rosto dessas pessoas e identifica qual é o mais preciso para se fazer a medição da temperatura no momento. “Em ambas as câmeras a leitura dura em torno de dois segundos e a margem de erro é de 0,5 grau centígrado”, afirma.