‘Tudo que fazemos aqui é correto em matemática’, diz presidente da Caixa sobre NE


O presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, evitou tecer maiores comentários nesta segunda-feira, 5, sobre a queda da liberação de novos empréstimos do banco a governos de Estados e municípios da região Nordeste. Segundo levantamento do Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) com base nos números do próprio banco e do sistema do Tesouro Nacional, em 2019, até julho, Nordeste recebeu cerca de R$ 89 milhões em empréstimos concedidos pela Caixa.

O valor equivalente a cerca de 2,2% do total distribuído para todo o país no mesmo período, R$ 4 bilhões. Em 2018, a região recebeu 21,6% dos R$ 6 bilhões concedidos pela Caixa em operações para governos regionais.

“Tudo que fazemos aqui é correto em matemática”, limitou-se a responder Guimarães nesta segunda-feira.

Depois que a reportagem solicitou uma resposta ao banco na semana passada, a Caixa acelerou a aprovação de novas operações para a região nos últimos dias, mas o volume continua inferior ao verificado em 2018.

Após o Broadcast revelar que a Caixa reduziu a concessão de novos empréstimos para o Nordeste, Guimarães convidou congressistas da região para um café da manhã, que será realizado na próxima quarta-feira, 7.

Nesta segunda-feira, ele negou que o tema do encontro seja o ritmo de liberação de crédito para os governos nordestinos. “Converso com vários políticos o tempo todo, não tem pauta específica”, concluiu.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora