20 de janeiro de 2021 Atualizado 15:55

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Trabalhadores informais somam 29 milhões em outubro, 34,5% do total de ocupados

Por Agência Estado

01 dez 2020 às 13:37 • Última atualização 01 dez 2020 às 14:21

O número de trabalhadores informais subiu a 29,032 milhões de pessoas em outubro, um aumento de 2,4% em relação a setembro, 686 mil pessoas a mais nessa condição, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Covid (Pnad Covid-19) mensal, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).O resultado equivale a 34,5% do total de ocupados, ante uma taxa de informalidade de 34,2% em setembro.

O total de pessoas trabalhando com carteira assinada no setor privado aumentou a 31,809 milhões em outubro, 401 mil a mais que em setembro.

O contingente que trabalhava sem carteira no setor privado cresceu a 8,487 milhões, 367 mil a mais em um mês.

O total de pessoas atuando por conta própria subiu a 23,703 milhões, 366 mil a mais em relação a setembro.

A taxa de desocupação passou de 14,0% em setembro para 14,1% em outubro.

Houve aumento nas regiões Norte (15,1%) e Nordeste (17,3%), mas queda no Sul (9,4%).

No Sudeste, a taxa de desocupação foi de 14,2%, e Centro-Oeste, 12,1%.

A taxa de desocupação entre as mulheres foi de 17,1%, enquanto entre os homens descia a 11,7%. O resultado também foi mais elevado entre os pretos e pardos, 16,2%, do que entre os brancos, 11,5%.

Publicidade