SP não vai mais usar Tesouro para investir nas linhas do Metrô, diz Doria


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou que o Estado não vai mais usar recursos do Tesouro para fazer investimentos como na construção de novas linhas do Metrô. “(Esses e outros investimentos) serão todos feitos por concessão”, disse, em coletiva após os resultados do leilão do lote rodoviário PiPa, nesta quarta-feira, 8, na B3.

Doria afirmou ainda que a estimativa é de que o governo federal possa realizar a privatização dos portos de Santos e São Sebastião ainda em 2020.

As estimativas anteriores para o porto de Santos, entretanto, traziam um cenário não antes de 2021 para a privatização. Doria não deu mais detalhes.

Sobre outros projetos, o governador afirmou que o a ligação do Trem Intercidades ao Vale do Parnaíba deve ser apresentado já no primeiro semestre deste ano.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora