23 de setembro de 2020 Atualizado 14:33

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Sondagem da Construção mostra queda nos indicadores de atividade e emprego

Por Agência Estado

29 jan 2020 às 10:53 • Última atualização 29 jan 2020 às 11:37

A Sondagem Indústria da Construção, divulgada nesta quarta-feira, 29, pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), mostrou que o indicador de evolução de atividade recuou para 45,8 pontos e o número de empregados diminuiu para 45,1 pontos em dezembro. Os dois índices continuam abaixo dos 50 pontos, que separa o aumento da redução na produção e emprego.

Já o indicador de utilização da capacidade operacional ficou em 59% em dezembro de 2019.

“Os meses entre novembro e janeiro apresentam sazonalidade desfavorável ao setor da construção, portanto a queda mais acentuada em dezembro é esperada e não caracteriza interrupção do no processo de recuperação observada ao longo do ano passado”, diz a Sondagem.

Confiança para investir

A mesma Sondagem da CNI indicou que os empresários da construção estão mais confiantes e mais propensos a investir. O Índice de Confiança do Empresário da Indústria da Construção (ICEI-Construção) subiu 0,9 ponto em relação a dezembro de 2019 e atingiu 64 pontos neste mês, o que é o maior nível desde dezembro de 2010. O índice varia de zero a 100 pontos, sendo que acima de 50 revela que os empresários estão confiantes.

A Sondagem foi feita entre os dias 6 e 17 de janeiro com 493 empresas do setor.

Publicidade