Sindicato de Auditores Fiscais pede que Receita adie prazo de entrega do IRPF


Com a pandemia do coronavírus, o Sindicato dos Auditores Fiscais (Sindifisco) pediu à Receita Federal o adiamento por um mês do prazo de entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF), prevista para o dia 30 de abril.

Em ofício encaminhado ao secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, o sindicato sugeriu ainda a redução do prazo de restituição do IR para agosto.

Geralmente, a restituição é feita em vários lotes, até o fim do ano.

“O Estado de calamidade pública, na avaliação do sindicato, prejudica a todos, porque a Receita Federal fechará seus atendimentos, os contribuintes encontrarão dificuldades em contatar seus contadores ou em recolher todos os documentos necessários para o preenchimento da declaração do IRPF, por restrições ou dificuldades de deslocamento, com especial ênfase aos profissionais da saúde e de segurança pública, altamente demandados pelo menos até o final de abril”, afirmou o sindicato, em nota.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora