Como fazer um currículo e gerar entrevistas?

Bruno Cunha, Headhunter e Master Coach de Carreira, elencou dicas que podem ajudar a descobrir quão atrativo é um currículo e como pode ser melhorado


Bruno Cunha, Headhunter e Master Coach de Carreira, elencou dicas que podem ajudar a descobrir quão atrativo é um currículo e como o mesmo pode ser melhorado. Não é preciso nutrir um currículo com muitos dados pessoais. Apontar nome, e-mail, telefone e endereço fixo e de redes profissionais já é o suficiente para um primeiro contato do recrutador.

Foto: Adobe Stock
Algumas dicas podem ajudar a melhorar seu currículo na hora de procurar um emprego

É importante dizer, logo após os dados pessoais, qual a área de atuação. “Um candidato precisa, antes de mais nada, especificar com o que trabalha, qual o objetivo da carreira por área e níveis hierárquicos de interesse e o que sabe fazer”, aconselha Bruno. É essencial descrever a formação profissional quanto ao nível educacional, assim como os cursos, dizendo qual a instituição e apontando se já está concluído ou não.

Além disso, é importante citar principais conhecimentos complementares. Neste momento, é interessante fugir dos clichês e produzir descrições que falem mais do perfil pessoal.

“As qualidades pessoais são importantes, mas serão mostradas na entrevista. O currículo trata de um primeiro momento mais técnico focado no know-how e na expertise do profissional”, reforça Cunha.

Por fim, é interessante citar os resultados produzidos durante a trajetória profissional e que agregaram valor às empresas trabalhadas. “Os resultados são evidências de um profissional produtivo, sobretudo em um mercado que prioriza fatos e evidências”, finaliza Cunha.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora