Renda domiciliar per capita fica em R$ 1.439 em 2019, revela IBGE


A renda domiciliar per capita nominal mensal ficou em R$ 1.439 no Brasil em 2019, segundo cálculos com base nas informações da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) com dados do trimestre até janeiro de 2020 divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira.

As informações são enviadas pelo instituto ao Tribunal de Contas da União (TCU), como forma de atender à Lei Complementar 143/2013, que estabelece os critérios de rateio do Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE).

A renda domiciliar per capita mais alta foi registrada no Distrito Federal, de R$ 2.686, enquanto a mais baixa era a do Maranhão, R$ 636.

Em São Paulo, a renda per capita nominal alcançou R$ 1.946 em 2019. No Rio de Janeiro, o rendimento ficou em R$ 1.882, e em Minas Gerais, foi de R$ 1.358.

Os rendimentos domiciliares são obtidos pela soma dos rendimentos do trabalho e de outras fontes recebidos por cada morador no mês de referência da pesquisa, explicou o IBGE.

O rendimento domiciliar per capita é a divisão dos rendimentos domiciliares pelo total dos moradores.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora