Previdência: Maia sinaliza que capitalização pode voltar na PEC Paralela


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), sinalizou nesta terça-feira que a discussão sobre o regime de capitalização da Previdência poderá ser retomada na chamada PEC (Proposta de Emenda à Constituição) Paralela, que será criada no Senado para a inclusão dos Estados e municípios nas novas regras previdenciárias.

Ao ser questionado nesta tarde sobre a proposta, Maia contou que o ministro da Economia, Paulo Guedes, pediu a ele que avaliasse a possibilidade de incluir a capitalização no texto, que ainda será escrito pelos senadores.

“Acho que tem textos da capitalização que agregam, inclusive, partidos de esquerda, como o próprio PDT, sob a liderança do secretário Mauro Benevides. Acho que temos condição de dar uma grande contribuição trazendo os Estados e a capitalização”, disse Maia. Mauro Benevides é secretário de Planejamento e Gestão do Ceará.

Tantos os entes federativos quanto a capitalização faziam parte da proposta original do governo, mas acabaram sendo retirados do texto final da reforma por não haver apoio suficiente dentre os deputados. Ficou acordado então que uma nova proposta seria construída no Senado para retomar a reinclusão dos Estados e municípios. Para o deputado, o ambiente na Câmara estará “bem melhor” quando a proposta chegar para análise dos parlamentares.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora