Petrobras confirma acordo de transição com YPFB


A Petrobras confirmou nesta segunda-feira, 30, notícia antecipada pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, sobre acordo de transição com a Yacimientos Petrolíferos Fiscales Bolivianos (YPFB). Em nota ao mercado, a estatal informa que o período vai de 1º de janeiro a 10 de março do ano que vem, em que as empresas “darão continuidade ao processo de negociação com o objetivo de alterar determinadas condições comerciais, alinhadas ao processo de abertura do mercado brasileiro de gás natural e ao novo contexto do mercado boliviano”, segundo o comunicado.

“Depois de 20 anos vai sair de cena uma relação entre duas estatais, marcada pela política. A partir de agora as negociações serão entre empresas, sem influência dos Estados”, afirmou o diretor-geral da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Décio Oddone, no sábado, dia 28.

A ANP é responsável, junto com a Petrobras e a Transportadora Gasoduto Bolívia-Brasil (TBG), pela licitação do espaço que ficará vago no Gasoduto Bolívia-Brasil (Gasbol) com a redução do contrato da Petrobras. Na licitação será ofertado o volume de 18,08 milhões de metros cúbicos diários, de uma capacidade total de 30 milhões de metros cúbicos do Gasbol, disse a estatal boliviana em um comunicado divulgado por Oddone em redes sociais.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora