No Focus, mercado mantém projeções para a Selic de 2020 e para próximos 3 anos


Após o Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central cortar os juros em 0,5 ponto porcentual na semana passada, para 3,75% ao ano, os economistas do mercado financeiro mantiveram suas projeções para a Selic no fim de 2020 e para os próximos três anos. O Relatório de Mercado Focus trouxe nesta segunda-feira, 23, que a mediana das previsões para a Selic neste ano permanece em 3,75%. Há um mês, estava em 4,25%.

Já entre as instituições que mais acertam projeções no médio prazo, denominadas Top 5, a estimativa para a Selic no fim de 2020 permaneceu em 3,38%. Há quatro semanas, estava em 4,25%.

Considerando todos os participantes do Focus, a projeção para a Selic no fim de 2021 foi mantida em 5,25% de uma semana para a outra, ante 6,00% de quatro semanas atrás. No caso de 2022, a projeção continuou em 6,00%, também a mesma de um mês antes. Para 2023, permaneceu em 6,25%, era 6,50% quatro semanas atrás.

No Top 5, a projeção para a Selic ao fim 2021 permaneceu em 5,00%, ante 5,75% de quatro semanas antes. Para 2022 e 2023, as estimativas para a Selic no Top 5 continuaram em 6,00%.

No comunicado da decisão de cortar a Selic para 3,75% ao ano na semana passada, o Copom avaliou que, neste momento, vê como adequada a manutenção da taxa de juros em seu novo patamar.

“No entanto, o Comitê reconhece que se elevou a variância do seu balanço de riscos e novas informações sobre a conjuntura econômica serão essenciais para definir seus próximos passos”, ponderou o Copom.

Além disso, o BC enfatizou novamente que continuará fazendo uso de todo o seu arsenal de medidas de políticas monetária, cambial e de estabilidade financeira no enfrentamento da crise atual.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora