‘Não é tarde’, diz ACM Neto sobre articulação do governo para a reforma

O presidente nacional do DEM, Antonio Carlos Magalhães Neto, avaliou que ainda há tempo para que o presidente Jair Bolsonaro…


O presidente nacional do DEM, Antonio Carlos Magalhães Neto, avaliou que ainda há tempo para que o presidente Jair Bolsonaro organize uma base para votar a reforma da Previdência no Congresso. “Não é tarde. O governo tem três meses que começou. Ainda tem quase quatro anos pela frente. Está apenas começando essa jornada”, disse ACM Neto, que será um dos dirigentes partidários a se encontrar com Bolsonaro na quinta-feira, 4. “É oportuna esta conversa. Dá tempo de organizar, sim”, enfatizou.

A possibilidade de apoio formal do DEM ao governo, no entanto, não será tema do encontro, de acordo com o dirigente da legenda. “Vamos aguardar a abordagem que o presidente vai fazer.”

ACM Neto declarou que o partido está preocupado em avançar na agenda da reforma, mas ponderou ser “fundamental que o governo entenda que é preciso ter uma base”. “É a primeira reunião que vou ter no ano de 2019 com o presidente da República. Entendo que o governo está em uma fase de alinhamento da sua estratégia política de diálogo com os partidos, o que é importante”, afirmou.

O presidente do DEM enfatizou que não vai colocar a negociação de cargos e favores na mesa com o presidente. “Não vamos participar de movimento coletivo para criar dificuldades para depois colher dificuldades.”

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora