Marcos Jorge: MDIC trabalhou nesses anos para aumento de investimentos

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge, disse que o Brasil vem adotando medidas para a…


O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), Marcos Jorge, disse que o Brasil vem adotando medidas para a abertura da economia e que o governo atuou para aumentar a competitividade da indústria e os investimentos. Foi a última fala de um chefe do MDIC, pasta que foi incorporada ao Ministério da Economia, que será comandado por Paulo Guedes.

Em meio à discussão sobre a adoção de novas medidas para abertura comercial, Jorge lembrou relatório divulgado no fim de 2018 pela Organização Mundial do Comércio (OMC), que apontou o Brasil como o país que mais adotou medidas de abertura comercial no mundo. Ele também citou a redução de tarifas para a importação de máquinas e computadores.

Em seu discurso na cerimônia de transmissão de cargo para Guedes, ele defendeu ainda o programa automotivo Rota 2030, que permite a redução de impostos para empresas que investirem em pesquisa e desenvolvimento. A manutenção do programa no novo governo ainda é incerta e Guedes é crítico da concessão de subsídios.

Jorge citou também a adoção do Portal Único de Comércio Exterior, que reduziu prazos e custos de exportações e importações. “Hoje, 100% das exportações são feitas pelo portal, o que reduziu o prazo de 13 dias para 6,4 dias. Em breve, teremos performance semelhante aos países da OCDE”, completou.

Para o ministro, a balança comercial, mesmo com saldo menor em 2018 (US$ 58,3 bilhões) do que em 2017 (US$ 66,9 bilhões), se mostrou mais dinâmica, com recorde na corrente de comércio e nas exportações. “Tivemos recorde nas exportações de soja, turbinas, petróleo e celulose”, listou.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora