Maia reafirma prioridade da PEC do controle dos gastos


O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), voltou a reforçar que sua prioridade é a tramitação da proposta de emenda à Constituição do controle dos gastos. Em Pernambuco, onde cumpre agenda nesta segunda-feira, 4, ele afirmou que a reforma administrativa vai tramitar neste ano, que essa medida só tratará de novos servidores, mas que ela não tem a mesma prioridade da proposta para corte de despesas. “Não tem a mesma urgência da PEC que trata do controle de gastos, do deputado Pedro Paulo (DEM-RJ)”, afirmou.

“A Reforma Administrativa vai tramitar na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ), depois na comissão especial, com tempo para compreendermos o que vem do governo, como incluímos outros poderes e como fazemos de fato uma reforma que priorize a qualidade do serviço público no Brasil”, completou.

Sobre a PEC que aciona gatilhos de ajuste fiscal em caso de descumprimento da regra de ouro pelo governo federal, Maia já afirmou anteriormente que vai trabalhar com o Senado Federal para levar a proposta ao plenário por volta do dia 15 de dezembro.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora