Justiça determina que Econorte não retome cobrança de pedágio em Jacarezinho

A Triunfo Participações informou que a 1ª Vara Federal de Jacarezinho determinou que a Econorte não retome a cobrança de…


A Triunfo Participações informou que a 1ª Vara Federal de Jacarezinho determinou que a Econorte não retome a cobrança de tarifa na praça de pedágio da cidade, conforme pedido proposto pelo Ministério Público Federal. A redução das tarifas em 26,75% nas demais praças da Econorte permanece suspensa, conforme publicado em 1º de março pela companhia. Dessa forma, a partir da zero hora do dia 2 de março a Econorte voltou a cobrar os valores vigentes antes da Ação Civil Pública proposta pelo MPF.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!