Grupo Habitação tem queda de 0,28% no IPCA-15 de março


Os gastos das famílias brasileiras com Habitação diminuíram 0,28% em março, dentro do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo 15 (IPCA-15), informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O grupo deu uma contribuição negativa de 0,04 ponto porcentual para a inflação do mês.

A queda foi puxada pela energia elétrica, que recuou 1,30%. Em março, permanece em vigor a bandeira tarifária verde, em que não há cobrança adicional na conta de luz.

Houve redução nas tarifas de duas concessionárias de energia no Rio de Janeiro (-0,99%) a partir de 15 de março. As demais áreas apresentaram variações que foram desde a queda de 3,50% em Goiânia, onde houve redução de PIS/Cofins e da contribuição de iluminação pública, até uma alta de 0,83% em Fortaleza.

O gás encanado subiu 0,06%, devido a um reajuste em Curitiba a partir do dia 3 de fevereiro, que não havia sido apropriado no IPCA-15 do mês anterior. Por outro lado, houve reduções tarifárias no Rio de Janeiro e em São Paulo.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora