30 de maio de 2020 Atualizado 21:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Governo exonera mais um diretor do Dnit

Por Agência Estado

29 abr 2020 às 13:33 • Última atualização 29 abr 2020 às 15:33

O Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, 29, publica a exoneração de mais um diretor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit). Marcio Lima Medeiros deixou o órgão “a pedido” desde o último dia 23, segundo informa a publicação. Medeiros estava à frente da Diretoria de Administração e Finanças do órgão, que é vinculado ao Ministério da Infraestrutura.

Esta é a segunda baixa na diretoria do Dnit esta semana. Na segunda-feira, foi exonerado o engenheiro Andre Kuhn do cargo de diretor executivo da autarquia.

Conforme o Broadcast Político (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) apurou, apesar de ser alvo de interesse de partidos do Centrão, prioritariamente do PL de Valdemar Costa Neto, o comando do Dnit deve permanecer blindado de indicações políticas.

As exonerações dos dois diretores abrem vagas na autarquia justamente no momento em que o presidente Jair Bolsonaro negocia cargos com lideranças partidárias. No entanto, de acordo com fontes ouvidas pela reportagem, Bolsonaro teria aceitado manter o Dnit fora da mesa de negociações. Inclusive, já há um nome interno cotado para assumir a vaga de Kuhn, o do atual diretor de Infraestrutura Rodoviária do órgão e também engenheiro, Euclides Bandeira de Souza. A indicação de Souza ainda não foi formalizada.