26 de Maio de 2020 Atualizado 11:49

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Gol tem prejuízo líquido de R$ 2,261 bilhões no 1º tri em balanço não auditado

Por Agência Estado

04 Maio 2020 às 09:12 • Última atualização 04 Maio 2020 às 09:34

Com a malha aérea afetada pela pandemia do covid-19, a Gol reportou no primeiro trimestre de 2020 um prejuízo líquido de R$ 2,261 bilhões ante um lucro líquido de R$ 35,2 milhões em igual período de 2019, ambos no critério antes da participação minoritária da Smiles.

Na divulgação, a companhia aérea apontou lucro líquido de R$ 173,2 milhões no primeiro trimestre, excluindo variações cambiais e monetárias negativas de R$ 2,531 bilhões. O resultado representa alta de 76% na comparação com os R$ 98,4 milhões de igual período de 2019.

A empresa resolveu divulgar números não auditados nesta segunda-feira, uma vez que os auditores independentes contratados para fazer a avaliação do balanço pediram mais prazo.

A expectativa é que os dados auditados, segundo a Gol, sejam publicados no próximo dia 15.

O Ebitda da companhia totalizou R$ 1,439 bilhão no trimestre, crescimento de 51,3% na comparação com igual período do ano anterior. A margem Ebitda foi de 29,8% na comparação com 17% no primeiro trimestre de 2019.

O Ebit do trimestre foi de R$ 937,9 milhões, crescimento de 71,7% na comparação com os primeiros três meses de 2019. A empresa destacou que em uma base por assento-quilômetro disponível, o Ebit recorrente foi de 7,53 centavos de real no trimestre, crescimento de 79,7% na comparação com igual período de 2019.

A receita da empresa foi de R$ 3,147 bilhões, queda de 2% na comparação anual.