‘EUA são excelente mercado e vamos reabri-lo’, diz ministra da Agricultura


A ministra da Agricultura, Tereza Cristina, afirmou nesta terça-feira, 5, ter ficado decepcionada com as novas exigências dos Estados Unidos para a reabertura do mercado de carne bovina in natura para o Brasil. A suspensão ocorreu em 22 de junho de 2017, após a primeira etapa da Operação Carne Fraca.

Segundo a ministra, mesmo após vistorias em frigoríficos brasileiros, os norte-americanos querem “rever pontos” no acordo sanitário para a retomada das importações.

Ela deve tratar do assunto em com o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, durante visita que fará àquele país a partir do dia 17.

“Os Estados Unidos são um excelente mercado e vamos reabri-lo, sim. Agora, vamos ver o que está precisando no dever de casa, o que faltou”, disse a ministra após o Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária, em Brasília. “Eu fiquei um pouco decepcionada, achei que tínhamos cumprido todas as etapas, mas isso é mercado internacional, é assim que funciona e quem manda é quem está comprando.”

A ministra considerou que há “euforia de exportações de carne brasileira para a China” e voltou a comemorar a habilitação de sete plantas de Santa Catarina para exportar miúdos ao país oriental anunciada na segunda-feira.

“O Brasil vive novo momento e precisamos aproveitá-lo. Temos de ter profissionais, pois a nossa produção é boa. Temos de estar pronto para receber essas missões, entregar o que pedem para poder abrir esse mercado”, concluiu Tereza Cristina.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora