Etanol segue competitivo ante gasolina em quatro Estados brasileiros, diz ANP


Pela quarta semana seguida, os preços médios do etanol seguiram vantajosos ante os da gasolina em apenas quatro Estados brasileiros – Goiás, Mato Grosso, Minas Gerais e São Paulo – todos grandes produtores do biocombustível. O levantamento da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), compilado pelo AE-Taxas, considera que o etanol de cana ou de milho, por ter menor poder calorífico, tenha um preço limite de 70% do derivado de petróleo nos postos para ser considerado vantajoso.

Em Mato Grosso, o hidratado é vendido, em média, por 57,98% do preço da gasolina, em Goiás a 67,33%, em Minas Gerais a 64,23% e, em São Paulo, a paridade ficou em 66,42%.

Na média dos postos pesquisados no País, a paridade é de 67,23% entre os preços médios de etanol e gasolina, também favorável ao biocombustível.

A gasolina foi mais vantajosa em Roraima, com a paridade de 90,99% para o preço do etanol.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora