30 de maio de 2020 Atualizado 21:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Empresas poderão suspender todos funcionários

Governo permitirá que empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões suspendam os contratos com todos os seus funcionários por até dois meses

Por Agência Estado

01 abr 2020 às 21:12 • Última atualização 02 abr 2020 às 10:12

O governo permitirá que empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões suspendam os contratos com todos os seus funcionários por até dois meses. Os salários serão cobertos pelo novo programa de auxílio anunciado, com limite de valores pagos pelo seguro-desemprego. Acima desse faturamento, as empresas terão que manter 30% da folha de pagamentos.

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr
Secretário de Previdência do Ministério da Economia, Bruno Bianco, explicou a medida

“É o maior programa de emprego do Brasil; teremos proteção completa de empresas e empregos”, afirmou o secretário de Previdência do Ministério da Economia, Bruno Bianco.

O secretário disse que as medidas atingem mais de 150 milhões de brasileiros.

Segundo o secretário-executivo da Economia, Marcelo Guaranys, o governo continua monitorando setores produtivos e o nível de emprego. “As medidas precisam ser pensadas, elaboradas, articuladas; É um processo. Sabemos que há momentos de ansiedade, toda população está esperando”, completou.

De acordo com o secretário de Produtividade e Emprego, Carlos da Costa, as medidas do governo atendem mais da metade dos pleitos que vem sendo apresentados pelas empresas. “A combinação de medidas mostram o comprometimento da Economia com a saúde”, completou.