24 de fevereiro de 2021 Atualizado 22:43

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Candidato

Dicas para montar o currículo para jovem aprendiz

Para fazer parte do programa é necessário ter de 14 a 24 anos e estar estudando ou ter se formado recentemente

Por Redação

31 jan 2021 às 09:02

Alguns candidatos cometem um grande erro, que é colocar milhares de informações em seu currículo profissional e elas não serem verdadeiras - Foto: Mikhail Nilov_Pexels

Hoje em dia existem muitos jovens em busca de uma oportunidade profissional. Também existem muitas empresas que estão em busca de profissionais adequados para algumas funções. O currículo profissional de um candidato jovem aprendiz é bem diferente do currículo tradicional, já que a avaliação é totalmente diferente. Um jovem aprendiz vai receber a oportunidade de ter sua primeira experiência profissional (ou uma das primeiras) e a empresa preza pelas suas características de postura e não profissional.

Para fazer parte do programa jovem aprendiz é necessário ter de 14 a 24 anos e estar estudando ou ter se formado recentemente. Esses jovens devem ser direcionados a empresas que oferecem vagas para esse perfil. Elas são responsáveis por oferecer toda estrutura ideal e em troca receber do candidato todo empenho para desenvolver sua função de forma ideal.

Alguns candidatos do jovem aprendiz cometem um grande erro, que é colocar milhares de informações em seu currículo profissional e elas não serem verídicas. As empresas até entendem isso como um desespero para conseguir a sua primeira oportunidade profissional, mas ela não vê com bons olhos. Não cometa o erro de inventar informações pessoais para ocupar o espaço do currículo profissional.

Uma das coisas mais avaliadas em um currículo profissional de um jovem aprendiz é a ortografia. Ela é a forma da empresa analisar inclusive o desempenho do candidato na escola, principalmente em relação à língua portuguesa. Um currículo com erros ortográficos não será visto com bons olhos e não adianta nem usar desculpas esfarrapadas como “Não foi eu escrevi ou Estava com pressa e por isso ficou assim”. O ideal é ter cuidado redobrado em relação a isso.

Cursos de qualificação
Outra informação bem importante sobre o currículo profissional de um jovem aprendiz são os cursos de qualificação que ele fez. Essa é a melhor base de conhecimento para o setor ao qual o mesmo vai trabalhar. Hoje em dia muitos jovens fazem muitos cursos e eles ajudam no melhor desempenho do cargo. O ideal é colocar todos os cursos feitos com data de início e finalização. PR Newswire

Fonte: Vaga Work

Seja objetivo na hora de expressar suas ideias

No currículo existe a opção para falar um pouco mais sobre o candidato. Aproveite esse espaço e fale um pouco mais de você e de suas principais ideias. Conte os principais desejos para a área profissional e o quanto é importante a oportunidade de conseguir um emprego nessa fase de sua vida. É importante também falar do caminho que se deseja traçar e o que pretende fazer para melhorar cada dia mais.

Outro ponto importante sobre o currículo profissional de um jovem aprendiz são suas habilidades. Toda empresa gosta de analisar as habilidades citadas dentro do currículo. O ideal é que elas sejam reais. Então, é importante que o candidato tenha muito foco, determinação, vontade de aprender, disciplina, seja pontual e goste de trabalhar. PR Newswire

Dicas para conseguir uma vaga

É grande o número de jovens em busca de uma vaga de jovem aprendiz. Apesar de ter muitas empresas oferecendo esse tipo de vaga, a disputa por um espaço nesse setor é bem difícil. Um dos critérios mais importantes para as empresas são as notas do candidato. Mas, existem outras dicas importantes para isso também, entre elas estão:

  • Chegar no horário marcado;
  • Saber desenvolver uma conversa;
  • Ficar tranquilo na entrevista pessoal.

Fonte: Vaga Work

Publicidade