24 de julho de 2024 Atualizado 22:12

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

Criptomoedas: Bitcoin volta a cair, e analistas buscam antecipar nível de suporte de preços

Por Agência Estado

04 de julho de 2024, às 21h26

O Bitcoin voltou a cair hoje, em uma sessão volátil em que chegou a ficar abaixo dos US$ 57 mil em suas mínimas do dia. O cenário segue sem novos catalisadores para impulsionar uma alta dos preços, enquanto analistas buscam interpretar qual é nível de preço de suporte para uma eventual sequência de quedas do ativo.

Às 16h30 (de Brasília), o bitcoin recuava 2,35%, a US$ 58.646,00, enquanto o ethereum caia 4,55%, a US$ 3.146,33, segundo a Binance.

“Uma queda abaixo de US$ 58 mil interrompe o quadro de alta, quebrando a área de suporte concentrada na forma do nível de 61,8% (US$ 60,3 mil), a média móvel de 200 dias (US$ 58,3 mil) e a baixa anterior (US$ 58,2 mil). Neste caso, esteja preparado para uma queda para US$ 51 mil com consequências alarmantes para todo o mercado de criptomoedas”, avalia Alex Kuptsikevich, analista de mercado da FxPro. A partir da posição atual, uma queda de 12% para US$ 51.500 é mais provável do que o mesmo crescimento para US$ 65.800, que marca a média móvel de 50 dias, de acordo com Kuptsikevich.

Ana de Mattos, analista técnica e trader parceira da Ripio, avalia que, com base na análise gráfica, essa queda pode continuar até as faixas de preço de US$ 54.829 e US$ 51.290, sendo que nessas regiões há uma grande liquidez a ser capturada, e portanto, servirão como pontos de suporte. “Esta correção de preço é tecnicamente saudável, pois devemos considerar que no gráfico mensal, o preço do ativo vinha trabalhando em uma alta sem tréguas, sem retrações para correção do preço”, aponta.

Sobre as eleições do Reino Unido, Nigel Green, do Grupo deVere, aponta que, com a provável vitória do Partido Trabalhista de Sir Keir Starmer, até o momento, a posição de Starmer em relação às criptos permanece um tanto nebulosa. Por sua vez, ele avalia que
um ambiente regulatório bem definido proporcionará clareza e segurança às empresas e investidores. “Ao trabalhar em estreita colaboração com os líderes da indústria e as partes interessadas, um governo trabalhista pode garantir que as regulamentações sejam equilibradas, promovendo a inovação e salvaguardando ao mesmo tempo o sistema financeiro. Esta abordagem tornaria o Reino Unido um destino atraente para empresas de criptografia que procuram um clima regulatório estável e favorável”, conclui.

Ainda hoje, segundo a AFP, a Bolívia decidiu suspender a proibição do uso de criptomoedas como meio de pagamento, por conta da escassez de dólares e de combustíveis no país.

Publicidade