17 de janeiro de 2021 Atualizado 10:11

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Crescer na carreira em 2021

Pesquisa aponta que 54,2% dos brasileiros tem como objetivo serem promovidos no novo ano

Por Redação

04 jan 2021 às 07:52 • Última atualização 04 jan 2021 às 22:59

O que mais o mercado precisa são profissionais com inteligência emocional e organização de suas rotinas - Foto: Andrea Piacquadio - Pexels

Chegamos a última semana do ano, o tempo de fazer as listas e os planos para 2021 já começou. O ano que se encerra foi desafiador em vários aspectos, do financeiro ao social. Foi o ano em que pela primeira vez na história desta geração ficamos isolados e observamos a crise sanitária e econômica chegar nos nossos lares. Chegamos a marca de 14 milhões de brasileiros desempregados.

É nesta época que os veículos de imprensa geralmente lançam as melhores profissões ou dicas para quem quer buscar um emprego. Mas e quem está empregado? Como fazer para melhorar seu atual trabalho? Como crescer no meio do desemprego?! Segundo a última pesquisa desenvolvida pela 7 Waves, na lista de desejos dos brasileiros para 2021: 54,2% tem o objetivo de ser promovido em 2021.

“Às vezes a oportunidade está à nossa frente e simplesmente estamos tão presos à rotina que não vemos o que podemos fazer de melhor para galgar um novo cargo e /ou mudar de função dentro da própria empresa. Conversar com o gestor e entender o momento que a empresa está pode abrir várias portas para o colaborador”, explica Leandro Rampazzo, especialista em carreiras.

Quando nos enxergamos como parte efetiva de uma empresa, já olhamos para nossos desafios diários de uma forma diferente. “Este ano, a transformação digital foi acelerada e todos precisamos nos adequar ao ‘novo normal’. Ter ideias que facilitam os processos pode ser a grande chave não só para a empresa como para sua carreira como um todo”, enfatiza Leandro Rampazzo, CEO da Godiva Propaganda.

5 dicas para você crescer na carreira

  • Identifique a sua necessidade
    É necessário se conhecer e visualizar o que você de fato é e o quer na empresa. Quais competências você tem mais aderência e vontade para fazer. Não adianta ir pela “onda” do mercado e não aproveitar o seu potencial para uma certa habilidade. Você tem a possibilidade de crescimento? Você quer continuar nesta empresa? Onde você quer estar daqui a 5 anos e onde você quer que a empresa esteja? Alinhe suas atitudes e vontades com a do seu trabalho, e valores da empresa.
  • Objetivos e metas
    O que mais o mercado precisa são profissionais com inteligência emocional e organização de suas rotinas. Ainda mais em tempos de home office, é necessário saber onde seu trabalho vai, qual é o produto dele. Trace objetivos e metas com tempos diferentes, sendo alguns diários e outros mensais. Assim você também reconhece sua própria evolução como pessoa e profissional.
  • Rede de relacionamento
    Estamos em uma era tecnológica, todo nosso comportamento é mensurado. Ter uma boa rede de relacionamento, além de criar um ambiente de trabalho mais harmônico e leve faz com que as pessoas se lembrem e tenham empatia por você. Faça com que os outros profissionais associem a sua imagem com profissionalismo e carisma, pois, assim, você pode ser indicado para exercer uma posição de liderança. Participar de palestras, congressos e workshops são boas alternativas para conhecer profissionais da sua área.
  • Aprenda a vender o seu trabalho
    Se a primeira dica é para você rever seus pontos e objetivos, esta é para você aprender a enxergar as suas qualidades. Assim, você saberá falar com propriedade de quem é e do que almeja. Mantenha um portfólio atualizado com seus trabalhos executados, e compartilhe, sempre que possível, as conquistas da empresa. Mostrando assim o seu diferencial.
  • Esteja sempre atualizado
    Hoje o mercado exige que os profissionais se atualizem constantemente, principalmente com novas tecnologias. Estudar e conhecer mais sobre sua área e as tendências dela, com certeza são um diferencial de qualquer pessoa e visto com bons olhos pelos gestores.

Fonte: Leandro Rampazzo, da Godiva Propaganda

Publicidade