CPRM faz dia 21 primeira licitação de projeto de mineração inscrito no PPI


A CPRM (Serviço Geológico do Brasil) vai licitar na próxima segunda-feira, no Rio de Janeiro, o primeiro projeto no âmbito do PPI (Programa de Parceria de Investimento). Serão oferecidos à iniciativa privada os direitos minerários do Complexo Polimetálico de Palmeirópolis (TO).

Segundo a CPRM, no local poderão ser encontradas jazidas de chumbo, cobre, zinco e ouro. Vencerá o leilão quem oferecer o royalty mais alto para o projeto, partindo de um piso de 1,7% do faturamento bruto obtido. O vencedor pagará ainda R$ 1,5 milhão em bônus para o governo e vai se comprometer a investir R$ 12 milhões nos próximos três anos.

A CPRM detém cerca de 330 processos minerários, divididos em 30 blocos. Entre eles, quatro foram qualificados no PPI. Escolhido como projeto piloto, o complexo polimetálico de Palmeirópolis compreende seis processos, totalizando 6.050 hectares.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora