Corrida por liquidez gera tensão em mercado de títulos públicos dos EUA


A corrida por liquidez, em meio à crise provocada pelo coronavírus, pressiona o mercado americano de títulos públicos, causando temores sobre seu funcionamento e sua capacidade de distribuir recursos a comunidades e empresas. Uma debandada em dólares está elevando o valor da moeda dos EUA no exterior, aumentando os problemas de pagamento para empresas e governos que tomaram empréstimos em dólares.

Nos Estados Unidos, a emissão corporativa está fora dos limites, exceto os blue chips mais fortes. Os governos estaduais e locais estão enfrentando um choque, já que em alguns casos o declínio acentuado da demanda por seus valores mobiliários está rápido demais, enquanto o mercado de empréstimos corporativos de curto prazo se tornou surpreendentemente frágil, disseram alguns participantes do mercado.

“A interrupção do acesso a novos financiamentos reduz o crédito a empresas, autoridades locais e outros”, diz Mohamed El-Erian, principal consultor econômico da Allianz. “Isso adiciona outro choque a uma economia que está se recuperando” da disseminação do novo coronavírus, da queda da bolsa e do colapso dos preços do petróleo.

“As coisas mudaram? Sim. No caos? Sim”, diz Susan Estes, que administra a OpenDoor Securities LLC, uma empresa que fornece transações eletrônicas anônimas de Treasuries.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora