Conselho do PPI propõe estudos sobre desestatização de Serpro e Dataprev


O Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) recomendou ao presidente da República a qualificação do Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) e da Empresa de Tecnologia e Informações da Previdência (Dataprev) no programa para “para fins de realização de estudos para avaliação de alternativas de desestatização ou parceria com a iniciativa privada”.

As recomendações constam de resoluções publicadas no Diário Oficial da União (DOU). Pelos documentos, o Conselho do PPI ainda sugere que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) poderá ser contratado para a elaboração dos estudos para a desestatização ou parceria com setor privado das duas empresas.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora