Braskem adia divulgação de resultados do 4º tri de 2019 para o dia 30 de março


A Braskem informou nesta quinta-feira que decidiu adiar para o dia 30 de março a divulgação dos seus resultados do quarto trimestre de 2019, que estavam previstos este dia 19 de março, depois do fechamento do mercado. A empresa não deu detalhes específicos sobre o adiamento.

Em fato relevante divulgado na manhã desta quinta, a petroquímica, controlada pela Odebrecht, disse que, “no contexto dos recentes acontecimentos, a companhia decidiu estender o cronograma dos trabalhos junto aos auditores independentes para elaboração de suas demonstrações financeiras auditadas relativas ao exercício social findo em 31 de dezembro de 2019 e postergar o seu arquivamento do dia 19 de março de 2020 para o dia 30 de março de 2020”.

A empresa informa ainda que a data de sua Assembleia Geral Ordinária será postergada para o dia 30 de abril de 2020.

Não é a primeira vez que a Braskem lida com dificuldades para divulgação dos seus resultados. A petroquímica chegou a ser deslistada, no ano passado, da Bolsa de Valores de Nova York (NYSE) por não ter conseguido divulgar seu balanço auditado, estourando inúmeros prazos. A empresa admitiu culpa por práticas de corrupção na Lava Jato e fechou acordo com autoridades no Brasil e nos EUA.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora