29 de setembro de 2020 Atualizado 22:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

Bolsonaro: Nós respeitamos o teto de gastos e queremos responsabilidade fiscal

Por Agência Estado

12 ago 2020 às 19:49 • Última atualização 12 ago 2020 às 21:30

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira, 12, em pronunciamento no Palácio da Alvorada, que lideranças tanto do Executivo quanto do Legislativo respeitam o teto de gastos e querem a preservação de responsabilidade fiscal. Apesar de presente, o ministro da Economia, Paulo Guedes, não se pronunciou.

Ao lado dos presidentes da Câmara e do Senado, Rodrigo Maia (DEM-RJ) e Davi Alcolumbre (DEM-AP), além de outros ministros do governo com quem esteve reunido antes de discursar, o presidente sustentou que o Brasil está “indo bem” no enfrentamento do novo coronavírus e será um dos países que “melhor reagirá à crise”, inclusive econômica.

“Assuntos variados foram tratados, como privatizações, outras reformas como a administrativa”, disse Bolsonaro. “Resolvemos, então, com essa reunião, direcionar as nossas forças para o bem comum daquilo que todos nós defendemos. Queremos progresso e desenvolvimento.”

Segundo o presidente, as lideranças do governo federal e do Congresso se empenharão para destravar a economia e “colocar Brasil no local que ele sempre mereceu estar”.

Publicidade