Bolsonaro: Estado só deve estar próximo da vida do cidadão em questões essenciais


O presidente Jair Bolsonaro defendeu nesta sexta-feira, 6, que é preciso “afastar cada vez mais o Estado da vida do cidadão”, a não ser em questões essenciais. Bolsonaro discursou durante cerimônia assinatura de contratos de concessão de 12 aeroportos brasileiros, resultado do primeiro leilão da gestão dele, que ocorreu em março.

O presidente elogiou a atuação do ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, e disse que suas ações fazem com que o Brasil “esteja recuperando a confiança”. “Sem confiança nada pode ser materializado. As ações do ministro Tarcísio ao longo desses meses de governo têm nos projetado dentro e fora do Brasil. E a confiança de vocês, empresários, deixa a gente feliz”, declarou Bolsonaro.

O mandatário ponderou que ainda há falhas no governo federal, e por isso é preciso afastar cada vez mais o Estado. “Coisa errada existe ainda. Restos do passado que temos a pagar existem ainda”, disse, citando a operação da Polícia Federal de combate a fraudes nos Correios que acontece nesta sexta-feira.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora