Bolsonaro defende a reforma administrativa e a tributária até meados de 2020


O presidente Jair Bolsonaro disse na tarde desta quinta-feira, 31, em entrevista ao programa Brasil Urgente, da Rede Band, que “tudo está se encaminhando para o Brasil decolar no tocante à economia”. Bolsonaro defendeu que as reformas tributária e administrativa “têm que sair até meados do ano que vem para o Brasil ser um local propício para investimentos e negócios”.

“Estamos trabalhando ao máximo para desburocratizar e desregulamentar”, afirmou. “Vamos revogar normas para facilitar, simplificar para quem quer investir abrir um negócio no Brasil.”

Bolsonaro retornou nesta quinta de uma viagem de 11 dias por países do Oriente. “Os contatos na viagem são excepcionais, é inacreditável como acreditam no Brasil.” O presidente anunciou também nova visita internacional, dessa vez para a Índia, a fim de participar da comemoração de aniversário da independência do país, a ser celebrado em 26 de janeiro. “Nós estamos nos aproximando de países que querem fazer negócios conosco”, afirmou, e citou como exemplos “árabes, judeus, americanos e europeus”.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora