Bolsas de NY fecham em alta na expectativa por eleições nos EUA

À espera do resultado das eleições de meio de mandato nos Estados Unidos, os principais índices nova-iorquinos fecharam em alta,…


À espera do resultado das eleições de meio de mandato nos Estados Unidos, os principais índices nova-iorquinos fecharam em alta, enquanto investidores aguardam para descobrir qual será o destino da política do presidente Donald Trump nos próximos anos – e que deve ser, para analistas, definido pela composição do Congresso americano votada nesta terça-feira, 6.

O Dow Jones fechou em alta de 0,68%, aos 25.635,28 pontos, enquanto o S&P 500 registrou avanço de 0,63%, para 2.755,50 pontos. O Nasdaq, por sua vez, subiu 0,64%, aos 7.375,96 pontos.

O consenso de analistas e pesquisas de opinião aponta para uma vitória democrata na Câmara dos Representantes e manutenção da maioria republicana no Senado. Se isso se confirmar, apontam analistas do Goldman Sachs, “esperaríamos que os mercados precificassem um estímulo fiscal e um crescimento um pouco mais fracos, bem como tensões comerciais continuadas”.

Isso porque um Congresso dividido poderia prejudicar a aprovação da agenda de Trump, que inclui, por exemplo, a intenção de realizar uma reforma tributária 2.0, em complemento à aprovada pelo governo no final de 2017, como o republicano antecipou em diversos momentos.

Já o economista Liam Peach, da Capital Economics, não acredita que deve haver grande influência dos resultados nos mercados nesta quarta, “mesmo que os republicanos mantenham as duas casas do Congresso ou os democratas performem bem”. Para ele, um Legislativo dividido não significaria grandes mudanças na política fiscal, enquanto mesmo dois braços republicanos não diminuíram a dificuldade de aprovar uma nova reforma tributária. Um Congresso todo azul, por sua vez, “tampouco afetaria muito o curso da política econômica”.

No contexto de espera e na expectativa especialmente pelos desdobramentos fiscais da votação, ações do setor industrial avançaram, com a Boeing em alta de 1,24%, a 3M com ganho de 1,06% e a Caterpillar em avanço de 2,31%. O subíndice do setor no S&P 500 subiu 1,10%, enquanto o de materiais liderou a alta com ganho de 1,51%.

A Continuum Economics, por sua vez, projeta uma forte alta nas bolsas nesta quarta-feira caso seja revelada uma vitória duplamente republicana no Congresso. O cenário oposto, com maioria democrata na Câmara e no Senado, deveria causar uma onda vendedora entre as ações.

As ações de tecnologia também avançaram, recuperando parte das perdas vistas recentemente. A Apple subiu 1,08%, enquanto a Alphabet, controlada do Google, subiu 1,31%, e a Intel ganhou 1,40%.

O setor financeiro, por outro lado, recuou levemente de forma quase generalizada. Os papéis do Goldman Sachs caíram 0,23%, enquanto os do Wells Fargo mostraram queda de 0,20% e os do Morgan Stanley cederam 0,22%. As ações do JPMorgan, no entanto, subiram 0,47%.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!