Bolsas de NY fecham em alta com balanços e anúncio de acordo do Brexit


As bolsas de Nova York fecharam em alta nesta quinta-feira com a boa recepção no mercado de balanços como os do Morgan Stanley e do Netflix. A percepção de que há menos chance de um Brexit desordenado após o anúncio pelo Reino Unido e pela União Europeia de que chegaram a um acordo também ajudou.

O Dow Jones subiu 0,09%, aos 27.025,88 pontos, o S&P 500 avançou 0,28%, aos 2.997,95 pontos – na máxima intraday, chegou a tocar a marca de 3.008,29 pontos -, e o Nasdaq ganhou 0,40%, aos 8.156,85 pontos, muito devido ao impulso das ações do Netflix, que tiveram alta de 2,47%, a US$ 293,35.

O sentimento positivo com balanços corporativos vem desde quarta, depois do fechamento, quando o Netflix informou um lucro por ação diluído de US$ 1,47 no terceiro trimestre, acima da projeção de analistas consultados pelo FactSet, de US$ 1,03, e um aumento anual de 31% da receita com o serviço de streaming, além de um guidance ambicioso para o quarto trimestre, com 7,6 milhões de novas assinaturas globalmente, em termos líquidos.

O Morgan Stanley anunciou que teve lucro líquido de US$ 2,2 bilhões no terceiro trimestre do ano, equivalente a US$ 1,27 por ação. O resultado foi um pouco maior do que o ganho de US$ 2,1 bilhões (ou US$ 1,17 por ação) registrado no mesmo período de 2018 e superou a projeção de analistas consultados pela FactSet, de US$ 1,11 por ação.

Já no cenário global, os analistas do Danske Bank Mikael Olai Milhøj e Lars Sparresø Merklin avaliam que a probabilidade de um Brexit sem acordo, no momento, está menor, mas o entendimento firmado entre autoridades do Reino Unido e da União Europeia não deve ser aprovado pelo Parlamento britânico nesta semana.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora