Bolsas de NY caem com pressão vinda do petróleo em dia de poucos negócios


As bolsas de Nova York encerraram a segunda-feira, 28, em queda, pressionadas pela retração nos preços do petróleo em um dia de poucos negócios antes do feriado de ano-novo. Dados fracos das economias japonesa e chinesa mantiveram os investidores cautelosos diante das dúvidas sobre a saúde econômica global.

O índice Dow Jones fechou em queda de 0,14%, aos 17.528,27 pontos. O S&P 500 baixou 0,22%, para 2.056,90 pontos, e o Nasdaq recuou 0,15%, para 5.040,99 pontos.

As ações das petrolíferas foram destaque de perdas nesta sessão. Os papéis da Chevron caíram 1,84% e os da ExxonMobil baixaram 0,74%.

“Um dia de queda no petróleo tende a ser um dia de baixa nas ações”, disse Michael Antonelli, da Robert W. Baird.

“Nós estamos apenas seguindo os preços do petróleo”, acrescentou Peter Cardillo, da First Standard Financial.

Além disso, indicadores econômicos do Japão e da China voltaram a desapontar os investidores, ampliando as dúvidas sobre o futuro da economia global. O lucro das maiores empresas do setor industrial da China caiu 1,4% em novembro ante igual mês do ano passado, após já terem recuado 4,6% em outubro na mesma base de comparação.

A produção industrial do Japão encolheu 1,0% entre outubro e novembro, mais que a queda de 0,4% prevista pelos analistas. As vendas no varejo do país baixaram 1,0% em novembro, ante igual mês de 2014. Fonte: Dow Jones Newswires.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora