07 de maio de 2021 Atualizado 23:46

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Economia

BC pede, em questionário pré-Copom, avaliação de impacto de medida emergencial

Por Agência Estado

23 abr 2021 às 12:28 • Última atualização 23 abr 2021 às 13:33

O Banco Central publicou nesta sexta-feira, em sua página na internet, o questionário pré-Copom, encaminhado a profissionais do mercado financeiro. As respostas para o questionário servirão de base para a decisão do Comitê de Política Monetária (Copom) do BC sobre a Selic (a taxa básica de juros), atualmente em 2,75% ao ano. O próximo encontro do Copom ocorre em 4 e 5 de maio.

Na pesquisa desta sexta, o BC solicita aos participantes projeções sobre os principais indicadores da economia. Além disso, pede uma avaliação sobre o impacto das medidas emergenciais sobre o resultado primário do governo central em 2021.

“Qual o impacto no resultado primário do Governo Central em 2021 de medidas de combate à pandemia – como nova edição do auxílio emergencial, gastos com aquisição de vacinas e eventuais outras medidas com impacto primário – incluídas em sua projeção fornecida na tabela acima?”, questiona o BC no documento.

Na pesquisa anterior, realizada antes do encontro do Copom de março, o BC já havia pedido esta mesma avaliação sobre os impactos das medidas emergenciais.

No questionário desta sexta, o BC também busca avaliações sobre o emprego no Brasil. “Comente sobre aspectos que considere relevantes para o mercado de trabalho (ex: recuperação da população ocupada, perspectivas para a força de trabalho, diferença entre a dinâmica dos mercados formal e informal, evolução do rendimento médio, diferença recente entre CAGED e PNAD-C)”, registra o documento.

Publicidade