06 de junho de 2020 Atualizado 08:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Economia

BC do México reduz taxa básica de juros em 0,5 ponto porcentual, a 5,50%

Por Agência Estado

14 Maio 2020 às 15:25 • Última atualização 14 Maio 2020 às 16:49

O Banco Central do México (Banxico) decidiu nesta quinta-feira, 14, cortar sua taxa básica de juros em meio ponto porcentual, a 5,50%. Em comunicado, a instituição destaca o impacto na atividade global causado pela pandemia de coronavírus, que gera um cenário de “revisões sem precedentes das expectativas econômicas, as quais incorporam uma forte contração da atividade produtiva em 2020”.

O Banxico cita ainda que a pandemia provocou acentuada redução dos preços das matérias-primas, “especialmente do petróleo”, item importante na pauta de exportações do país. Com isso, lembra que há um movimento geral dos bancos centrais para cortar as taxas de juros e implementar outras medidas extraordinárias para promover o bom funcionamento de seus sistemas financeiros, bem como a adoção de medidas de estímulo fiscal em diversos países.

O quadro gerou desvalorização das moedas de emergentes, inclusive do peso mexicano, diz o Banxico. No México, houve uma “contração importante no primeiro trimestre do ano” e o recuo da economia deve se aprofundar mais no segundo trimestre, com queda importante também no nível de emprego, aponta. Ao mesmo tempo, a inflação geral anual recuou de 3,25% a 2,15% entre março e abril, mas com incerteza sobre seu balanço de riscos, na avaliação do banco central.

O Banxico defende em sua nota que a perseverança para fortalecer os fundamentos macroeconômicos e “adotar as ações necessárias, tanto no âmbito monetário quando no fiscal, contribuirá para um melhor ajuste dos mercados financeiros nacionais e da economia em seu conjunto”.