Bancos oferecem RS 12 bi em condições especiais na Semana do Crédito

As pequenas e micro empresas poderão acessar, a partir desta quinta-feira (1º), linhas de crédito com juros até 25% menores…


As pequenas e micro empresas poderão acessar, a partir desta quinta-feira (1º), linhas de crédito com juros até 25% menores e tarifas especiais. Serão ofertados no total RS 12 bilhões na segunda edição da Semana do Crédito, segundo informou nesta quarta-feira, 31, o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge. “São 33% a mais do que no ano passado”, destacou.

Os empréstimos estarão disponíveis em sete instituições financeiras: Banco do Brasil, Caixa, Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Nordeste e Banco da Amazônia. Segundo o secretário especial da Micro e Pequena Empresa, José Ricardo da Veiga, os gerentes desses bancos já estão orientados a dar um atendimento aos empresários que vai além da concessão do crédito. Ele poderá encaminhá-los, por exemplo, para um atendimento no Sebrae.

Estão programados mais de 500 eventos em todo o País com palestras sobre gestão financeira e cursos de capacitação. O Sebrae e o Banco do Brasil estão com um programa de orientação pré e pós crédito. O Sebrae dispõe ainda de um fundo que ajuda a compor até 80% das garantias pedidas pelos bancos para liberar os empréstimos.

Segundo Marcos Jorge, o Ministério da Fazenda oferecerá a possibilidade de o empresário parcelar dividas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) em até 120 meses. O prazo normal para microempresas é 90 meses.

Veiga comentou que, na primeira edição da Semana de Crédito, em 2017, o foco principal das empresas era pagar dívidas. Neste ano, as empresas já tomam crédito para investir. Ele disse também que aquelas que tomaram crédito no ano passado se mantêm adimplentes.

As entidades participantes da Semana do Crédito criaram um site com detalhes dos financiamentos e dos eventos programados.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora

Receba nossa newsletter!