Azul começará a operar E195-E2 em outubro; 1º voo será entre Viracopos e Brasília


A Azul começará a voar o E195-E2, novo avião da Embraer, a partir de outubro, afirmou nesta quinta-feira, 12, o presidente da companhia aérea, John Rodgerson. Segundo ele, o primeiro voo com o modelo será entre Viracopos e Brasília.

A expectativa da empresa é receber mais cinco E195-E2 ainda neste ano.

Para 2020, Rodgerson sinalizou que a previsão é de 20 outras entregas. Até 2022, a Azul quer ter substituído todos os E1 de sua frota pelos E2.

Em coletiva de imprensa, o presidente da Azul destacou que a aeronave deve operar também na nova rota da empresa, a ponte aérea entre os aeroportos de Congonhas (SP) e Santos Dumont (RJ).

Por ser mais eficiente que os aviões E1 de sua frota, o E195-E2 poderá ainda viabilizar operações que, antes, não eram economicamente vantajosas.

“O David (Neeleman, fundador da Azul) me disse ‘tem uma rota em que nossos concorrentes estão e nós não estamos’. Eu disse, ‘David, estamos esperando o E2′”, afirmou Rodgerson.

A Embraer realiza nesta quinta-feira a primeira entrega do avião E195-E2, o maior jato comercial já produzido pela empresa e também o maior das três aeronaves que compõem a nova geração da fabricante, os E-Jets E2. A operadora lançadora do modelo é a Azul, eu recebe o primeiro E195-E2 da Aercap, empresa de leasing.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora